Eu me inspirei nos índios tapuia com os negros nagô da região. Eles garimpavam e carregavam cabaças para levar água, então eu lembro as tradições e vou aprendendo com elas, preservando. Os búzios eu peguei nas cachoeiras, então eles são nativos dessa terra. Eu construí na floresta, na parafita, uma casa de tronco de árvore coberta com palhas de coco. Eu passava semanas lá, pescando e o tempo que podia caçar, caçava.

< Compartilha essa lembrança >


Imagens


Gabinete imagem
Colectivo Infinitos Monos 2015 by Javier Cruz